< Voltar

Relatório de Guerra: A batalha por Mércia

Uma guerra está crescendo em Mercia – leia tudo sobre isso na mais nova edição do Relatório de Guerra de Albion.

7 de maio de 2018 11:14 por Flufferpope


Olá, aqui é o Flufferpope, Mestre de Guerra da guilda Fricks. Você deve me reconhecer dos meus vídeos de ZvZ do Youtube.  Hoje, apresentarei um Relatório de Guerra para te dar todos os detalhes do que tem acontecido recentemente em Mercia.

Desde a queda da Exertion e do colapso da WOKE há vários meses, Mercia foi dominada pela aliança OOPS, liderada por Derrick da Money Guild. A OOPS tem sido a aliança mais forte do jogo há algum tempo, e ganhou a primeira temporada de Albion Online. Quando a Woke colapsou, a OOPS não perdeu tempo para tomar o controle de Mercia, e rapidamente cada território do continente estava sob seu controle. Knucklebone, lar da Fricks, caiu para a Money Guild após semanas de cerco de alguns dos melhores guerreiros em Albion. O único território de base que sobrou independente do controle da OOPS foi Moonlit Grove, mantido pela guilda Famiglia. Todos os outros pertenciam à OOPS.

No entanto, a dominação absoluta leva a um jogo monótono, então a OOPS começou a pressionar fora de Mercia para tomar outras terras em Albion. JAG e The Fleet da OOPS pressionaram a parte oeste de Anglia, e a Fricks e a Blue Army, compostas de antigos jogadores da aliança Woke que tinham sido expulsos de seus lares em Mercia, juraram combatê-los. Eles se uniram à Sun para criar a aliança LADS e lutar contra essa nova ameaça, na esperança de um dia retornar a Mercia.

A OOPS tinha sido um suporte de longa data para a aliança POE, liderada pela Crimson Imperium Reborn, já que ambas tinham a Team Casualty como inimigo comum. Com a perda desse interesse mútuo, o pacto de não agressão entre a POE e a OOPS foi quebrado, levando a uma luta intermitente entre as duas alianças, incrementando a lista de inimigos da OOPS. A POE se sentiu traída e proclamou a “remoção da OOPS como organização” como seu novo objetivo, apesar da OOPS não aprovar isso. Seja qual for o caso, a lista de inimigos da OOPS tem crescido aos poucos.

A ameaça da dominação do servidor pela OOPS era amplamente conhecida. Sendo a aliança mais forte no jogo, a OOPS podia derrotar qualquer aliança sozinha. Mas a sua lista de inimigos estava crescendo, e logo uma liga de guildas e alianças brotou, prometendo combatê-los. Meses de planejamento e preparação foram necessários. A liga precisou se manter em segredo, mas boatos sobre ela se propagaram pelo servidor. Uma batalha estava chegando.

Finalmente, após meses de preparação, a Liga surgiu! Os sucessos iniciais trouxeram muito mais agregados para a bandeira da Liga. Mesmo a Exertion, ressuscitada pelo Moneymike, se juntou à briga. No entanto, a OOPS se mantém forte e não pretende abaixar a cabeça sem lutar. A Money Guilda, que lidera a OOPS, tem uma longa história em Albion. Derrick, o líder da Money Guild, disse que espera o ataque da liga, já que meses de dominação em Mercia se tornaram chatos. A falta de conteúdo enfraqueceu a OOPS, e agora Derrick planeja trazê-la de volta a seu antigo poder. Essa invasão de Mercia trouxe vida à Money Guild, que está se tornando mais forte do que nunca.

Mas como uma surpresa para todos, a guilda The Fleet, que por muito fizera parte da OOPS, se separou e começou seus próprios ataques contra a Money Guild. Essa reviravolta enfraqueceu a aliança OOPS, mas a The Fleet não está necessariamente procurando uma guerra contra a OOPS: de acordo com o líder da The Fleet, Vocandin, “nós não ligamos para o destino da OOPS ou da Liga”. A The Fleet está lutando por si só e por seu próprio benefício – aonde quer que isso os leve.

A Guerra de Mercia está aqui, e as batalhas serão épicas. Centenas, talvez milhares, combaterão na guerra, e Albion ficará vermelha de sangue. A riqueza e habilidade da Money Guild os salvará? A Liga será poderosa o suficiente para quebrar o monopólio da OOPS em Mercia? Outras guildas e alianças tomarão vantagem dessa guerra em Mercia para atacar em outro local?

A única coisa certa é que um conflito sem precedentes está chegando, e a melhor maneira de ver como ele vai acabar, é participando. Cada lado parece certo da vitória. De acordo com o líder da OOPS, Derrick, “no final, a OOPS vencerá. O que acontece entre agora e depois não importa”. Syndic, líder da aliança POE, tem uma opinião diferente, e parece certo de que a Liga, e não a OOPS, dará a última risada.


Notícias mais recentes



Publicações mais recentes



Vídeos mais recentes