< Voltar

Fala Sandbox – Temporadas de GvG e Invasões

O diretor de jogo Robin Henkys explica como as futuras temporadas de GvG e invasões funcionam em nosso mais novo vídeo da série Fala Sandbox.

4 de dezembro de 2017 18:00 por Talion


Temporadas de GvG e invasões são grandes funcionalidades que chegarão a Albion Online com a atualização Kay, em 6 de dezembro. Tenha todos os detalhes explicados por nosso Diretor de Jogo. Você pode encontrar uma explicação detalhada, incluindo uma tabela de horários da primeira temporada, abaixo do vídeo.

O que são temporadas de GvGs?

Você ganha pontos de temporada para sua Guilda ao manter territórios de recursos e castelos, ou ao atacar os territórios de recurso de outras Guildas: e pontos te dão fama (na forma de classificações, chaves, reconhecimento especial para o primeiro lugar, e o direito de se gabar) e fortuna (na forma de fichas especiais que podem ser usadas para fazer/adquirir todos os tipos de coisas desse vídeo. E então uma nova temporada começa e você pode fazer tudo isso novamente.

Para que serve essa funcionalidade?

Nós estamos adicionando esta funcionalidade para injetar algumas motivações adicionais de longo prazo, e animação na guerra por territórios, para tentar bagunçar a ordem atual das coisas, para dar a grupos menores uma forma de participar, e para criar um ritmo mais interessante na jogabilidade, com períodos mais agitados e outros mais calmos. Criar uma classificação por temporada que reinicia a cada 3 meses mais  ou menos, encoraja a participação ativa, e recompensa os bons com poder e prestígio, e nos dá as ferramentas para alcançar esses objetivos.

Como isso funcionará?

Provavelmente a maneira mais fácil de explicar isso é passando pelo cronograma da primeira temporada.

9 de dezembro: início da Temporada 1

A temporada inicia num sábado após o lançamento de Kay:

Após o período fora do ar, a propriedade sobre todos os territórios de recursos (ou seja, os territórios de construção, fazendas e cidades não estão inclusos – nenhum desses serão afetados pelo sistema de temporadas de nenhuma forma) são reiniciados, então todos os territórios de recursos ficam sem dono.

  • Eles ficam em um estado inconquistável nesse momento, então você ainda não pode os reconquistar.
  • GvGs também não podem acontecer ou serem agendadas, do início da temporada até um ponto adiante onde elas começam novamente.

Em cinco horários entre sábado e domingo, parcelas de territórios voltam a serem conquistáveis:

  • Territórios com o tempo começando em 12:00 e 14:00 UTC acontecem às 15:00 UTC.
  • Territórios com o tempo começando em 16:00 e 19:00 UTC (incluído) acontecem às 19:00 UTC.
  • Territórios com o tempo começando em 20:00 e 23:00 UTC acontecem às 23:00 UTC.
  • Territórios com o tempo começando em 00:00 e 01:00 UTC acontecem às 02:00 UTC.
  • Territórios com o tempo começando em 02:00 e 05:00 UTC acontecem às 05:00 UTC.
  • Nós os dividimos em grupos para que a) eles estejam sempre conquistáveis primeiro durante seu tempo (porque você só pode conquistar territórios durante seu tempo), e b) para que o máximo possível se torne conquistável no mesmo momento: se você quiser pegar vários deles, você precisará espalhar suas forças pelo mapa para cobrir vários dos territórios ao mesmo tempo.
  • Isto é, na realidade, uma forma de checar se as guildas têm força suficiente de PvP de mundo aberto para controlarem os territórios.

Para isso funcionar, a conquista demanda tempo e pessoas, então em cada um desses territórios, um novo chefe aparecerá para defendê-lo.

  • O chefe é balanceado para que grupos de 5 demorem cinco minutos para abatê-lo.
  • Eles têm vários truques na manga para impedir grupos maiores de o derrubarem rápido.
  • Uma vez que o chefe caia, o território se torna conquistável – o que agora toma um tempo similar ao dos acampamentos de cerco, então você não pode simplesmente dar uma de ninja na frente de outras Guildas.

10 de dezembro: a pontuação começa

No início do tempo de cada território de recurso no dia 10 de dezembro (ou 11 para os territórios mais atrasados), a pontuação é habilidade para aquele território.

Pontos diários são os seguintes:

  • Territórios de zona vermelha: 96 pontos
  • Territórios em Anglia (Terras Distantes baixas): 192 pontos
  • Territórios em Cumbria (Terras Distantes médias): 288 pontos
  • Territórios em Mercia (Terras Distantes altas): 384 pontos

Pontos são dados ao final do tempo de cada território. Eles são gerados por novos NPCs que popularão seus territórios, chamados de Magos Engarrafadores

  • Esses Magos tiram o poder cru dos territórios, e os coletam antes de repassá-los.
  • Um aparece a cada hora, até um máximo de quatro presentes.
  • Eles se posicionam por perto dos pontos de captura das GvGs em cada território.
  • Eles podem ser mortos por qualquer jogador que não seja da Guilda que os possui.
  • Se você matar o Mago de outra Guilda, você pontua para sua Guilda e eles deixam algumas Energias Engarrafadas também.
  • Há um desperdício substancial, então não vale a pena matar seus próprios Magos.

Os pontos que sua Guilda pontua também dão Energia Engarrafada imediatamente, que se acumulam em uma nova seção da interface de Guilda, e podem ser sacadas (e redepositadas) pelo Mestre de Guilda ou pelos Mãos Direita.

11 de dezembro: GvGs começam

Nenhuma GvG pode acontecer entre o início da temporada e tempo fora do ar do dia 11.

  • Você pode declará-la antes disso, mas não pode iniciar antes disso.
  • Isso deve garantir que todos os territórios tenham o mesmo número de espaços de GvG durante a temporada.

12 de dezembro em diante: coisas acontecem

 Quando as GvGs começarem, as coisas ficam como você esperava:

  • Você pode fazer GvG normalmente.
  • Você pode atacar os Magos de outras pessoas por pontos e fichas.
  • Você também pode conquistar Castelos por pontos.

Cada castelo vale, durante o curso do dia, cerca de 3x o valor de um território na mesma área – se você conseguir mantê-lo por tanto tempo, é claro.

6 de janeiro: primeiro reinício na temporada

Em um mês, nós fazemos um reinício na temporada. Depois, acontece como no início da temporada:

  • GvGs não podem acontecer nesse tempo.
  • Territórios são reiniciados durante o reinicio de servidor do dia 6
  • Territórios se tornam conquistáveis, e chefes aparecerem, nos mesmos blocos durante o dia e o próximo.
  • Pontos começam a ser dados durante o tempo do território no dia 7
  • GvGs recomeçam no dia 8

Isso é feito para bagunçar o status quo um pouco, fazer outra checagem de força de mundo aberto e prover uma estrutura adicional à temporada.

3 de fevereiro: segundo reinício na temporada

O reinício na temporada funciona como o anterior. A partir desse ponto até o fim da temporada, todos os novos pontos ganhos são dobrados, então o mês final é tão valioso quanto os dois primeiros juntos. Isso garante que não haja um vencedor muito cedo, e dá uma boa razão para se dedicar no último mês, então a atividade é mais baseada no fim do que no início da temporada.

2 de março: última chamada

A pontuação da temporada acaba para cada território no fim do tempo do servidor fora do ar no dia 2/3 de março, e GvGs não podem acontecer entre esse horário e o fim da temporada.

3 de março: fim da temporada 1

No tempo do servidor fora do ar do dia 3, a temporada acaba oficialmente, e as coisas relacionadas ao ganhador acontecem.

Note: todo esse sistema está de acordo com um sistema de cronograma bem flexível, então temos muita flexibilidade em como ele está organizado. Salvo qualquer problema maior, acima é como funcionará a temporada 1, mas nós temos muitas opções em termos de ajustes nas temporadas subsequentes para fazer delas mais interessantes e divertidas. A temporada 1 tem uma configuração razoavelmente conservadora – quando vermos como vocês a usam na prática, teremos a opção de fazer coisas mais interessantes, se elas parecerem uma boa ideia.

Recompensas

Há dois conjuntos paralelos de recompensas nas temporadas. Primeiro, econômico:

Como mencionado acima, você ganha Energia Engarrafada ao pontuar e matar Magos.

Em Caerleon há um novo NPC que ajudará a converter essa energia em coisas que você realmente quer. Energia pode ser convertida em Runas, Almas e Relíquias (estas, utilizadas para fazer Artefatos nível 3, entre outras coisas), ou usadas para fabricar montarias de batalha. Você pode (novamente) ver mais informações sobre esses novos itens nesse vídeo.

As montarias em particular necessitarão grandes quantidades de Energia, para mantê-las raras e valiosas.

Além dos ganhos econômicos, há outra coisa pela qual vale a pena lutar nas temporadas: o direito de se gabar.

Com a sua guilda pontuando durante a temporada, ela escalará na classificação global da temporada – uma nova parte da interface onde você pode ver como estão indo todos em relação uns aos outros, ou checar as temporadas anteriores para ver as performances antigas. Assim como uma posição global na classificação, você também poderá ver o progresso através de uma série de chaves: começando com o Ferro quando você começa a pontuar, e movendo-se para o Bronze, Prata, Ouro e finalmente o Cristal.

A cada vez que você alcançar uma nova chave, você ganha um conjunto de Energia bônus como recompensa – e mais importante, sempre que sua guilda aparecer na interface, a borda será colorida para combinar com a chave atual. No Ouro, por exemplo, todos verão o escudo da sua Guilda na interface com uma borda dourada brilhante.

Finalmente, a guilda em primeiro lugar na última temporada terá seu logo mostrado em cartazes estrategicamente posicionados em Caerleon até o fim da próxima temporada (quando o novo campeão é coroado). Além disso, cada vez que sua guilda termina em primeiro, ela ganha um ornamento de cristal sob o logo da Guilda na interface e fica com ele para sempre – um, dois e três se afincam em sua coroa, e então, para qualquer Guilda que vença quatro ou mais temporadas, um grande cristal mostrará o número que conta suas vitórias.


Notícias mais recentes



Publicações mais recentes



Vídeos mais recentes



Share this



Or copy this link: