< Voltar

Albion Online faz aniversário

Como Albion Online está celebrando seu primeiro aniversário, nós vamos relembrar alguns dos destaques do ano que se passou.

17 de julho de 2018 11:52 por PrintsKaspian


Dia do lançamento: 17 de julho de 2017

Nas semanas que de precederam o lançamento, a antecipação da comunidade de Albion Online chegou a um estágio elevado. As pessoas tiraram folgas de dias e semanas para aproveitar o jogo, criaram longas planilhas para documentar suas alianças e guildas que cresciam, e gastavam noites nos fóruns explicando seus primeiros passos no mundo de Albion.

Às 13:00 UTC do dia 17 de julho, o jogo estava finalmente no ar, e as pessoas começaram a transmitir ao vivo do Continente Real. Foi um tempo de primeiras vezes: primeiros abates nas zonas vermelhas, primeiras entradas nas zonas pretas, os primeiros Hellgates, os primeiros ataques lançados e GvGs, e o mais importante para alguns: os primeiros territórios de base.

As guildas começaram a tomar forma, e as alianças começaram a surgir. “Eu estava jogando na guilda 8 Team nesse período”, disse Emma-Jade, mais conhecida como Evoque, a Líder de Comunidade de Albion Online. “Eu lembro o quão animados estavam os jogadores e o quanto eles se prepararam, planejando dias de folga do trabalho… Foi muito divertido, já que todo mundo estava no estágio inicial.”

Transmissão ao vivo no dia de lançamento

Apesar de animado, o lançamento também foi desafiador: a comunidade cresceu além das expectativas, e estava totalmente preparada para entrar no momento que o jogo estivesse no ar. Os números por si só já seriam desafiadores de um ponto de vista da moderação/suporte, mas com alguns ataques maliciosos de DDOS (que causaram problemas de tela preta e outros desafios técnicos), essa se tornou uma semana extremamente exaustiva para os desenvolvedores e para a comunidade.

“Eu lembro o quão animados estavam os jogadores e o quanto eles se prepararam, planejando dias de folga do trabalho…"

Durante as semanas seguintes, os problemas técnicos diminuíram, e os jogadores podiam jogar totalmente imersos. O Criador de personagem de Albion Online foi oficialmente lançado no dia 25 de julho, permitindo que os jogadores compartilhassem conjuntos de confiança e explorassem novos, e os jogadores começaram a desbravar novos tiers logo após isso.

A atualização Joseph: Prepare-se para lutar

Nos primeiros meses após o lançamento se viu a formação de uma comunidade mais dedicada e focada em PvP em Albion. As guildas cresceram em tamanho e poder, e muitos jogadores começaram a centralizar seu jogo em Caerleon devido ao seu acesso às Terras Distantes.

"A comunidade agora está consolidada, e consiste muito mais de jogadores que gostam de Albion pelo que é: um mundo regido pelos jogadores com uma ênfase pesada em PvP e economia agressiva.”

O diretor de jogo, Robin Henkys, vê essa fase como uma espécie de consolidação da base de jogadores: “Inicialmente, nós tivemos uma grande variedade de jogadores que esperavam que Albion saciaria seus desejos pessoais. A comunidade agora está consolidada, e consiste muito mais de jogadores que gostam de Albion pelo que é: um mundo regido pelos jogadores com uma ênfase pesada em PvP e economia agressiva.”

O Torneio Mestres da Arena Albion aconteceu no outono de 2017, e contou com dezenas de times lutando pelo título.

Os jogadores têm, cada vez mais, compreendido Albion como um jogo de mundo aberto, o que, por sua vez, levou a um melhor entendimento do que esperar dele. “O feedback dos jogadores no fórum melhorou bastante em qualidade”, diz Michael Prietzel, designer de jogo de Albion Online. “Isso foi muito útil, especialmente para funcionalidades que requerem tempo”.

A atualização Kay: Forjando alianças

Então, em dezembro, menos de cinco meses após o lançamento do jogo, a atualização Kay introduziu as temporadas de GvG, ataques de territórios e o mapa político ao jogo. No dia 7 de dezembro, um dia após o lançamento de Kay, as guildas Exertion e Money Guild lutaram uma acirrada batalha pelo controle de Caerleon.

A batalha por Caerleon foi uma das maiores da história de Albion

Com as apostas para ganhar ficando cada vez maiores, algumas antigas guildas poderosas acharam difícil se manter competitivas e se desfizeram. “Tem sido interessante ver a ascensão e queda de certas guildas desde o lançamento”, disse o designer de jogo, Dominik Mueller. “Eu sinto falta da Envy, Red Army e Black Mamba – algumas das maiores guildas que costumavam dominar boa parte de Albion.”

Eventualmente, uma guilda começou a crescer nas classificações e dominar o mapa político: a Money Guild, os líderes da Aliança OOPS. Sua abordagem ao estilo império romano na conquista de territórios (oferecendo associação e direitos de coleta a outras guildas em troca de tributos de Prata) os permitiram defender suas posses enquanto expandiam para novos territórios, e, por fim, os permitiu sair como os vitoriosos da temporada.

“Eu sinto falta da Envy, Red Army e Black Mamba – algumas das maiores guildas que costumavam dominar boa parte de Albion.”

Com a terceira temporada de GvG já acontecendo, o aspecto PvP da comunidade continua a crescer e evoluir. “Os jogadores se tornaram mais competitivos e organizados no PvP”, diz o designer de combate, Michael Schwahn. “É incrível ver como os jogadores lidam com o nosso PvP de forma tão competitiva”. E apesar da Money Guild ter conseguido ganhar as duas temporadas de GvG com uma margem confortável, uma nova coalizão de guildas rivais ameaça retirá-los do trono na terceira temporada.

17 de julho de 2018: Segundo ano e além

Com o fim do primeiro ano de Albion – e a atualização Merlyn chegando no dia 31 de julho – o time sente-se otimista em relação ao futuro do jogo. “Eu penso que com mais foco nas atividades de mundo aberto, nós podemos reduzir a distância entre os diferentes tipos de jogadores, e juntá-los para jogar o mesmo mundo”, diz Prietzel. “Eu espero que a Guerra de Facções seja um grande passo nessa direção”.

Guerra de Facções, a grande nova funcionalidade da atualização Merlyn, tem o objetivo de fortalecer o Continente Real com comércio, conquista de postos avançados e guerra de mundo aberto.

A população do jogo tem crescido com cada atualização recente, uma tendência que esperamos que se mantenha com o planejamento do time de entregar de 3 a 4 grandes atualizações por ano. “Eu espero totalmente que nós possamos expandir a forte fundação que nós construímos”, diz Christoph Hombergs, chefe de operações da Sandbox Interactive. “Se você ler os comentários das pessoas perguntando se ‘vale a pena voltar’, a maior parte das respostas são ‘o jogo mudou bastante, está muito melhor’. Eu espero que esse seja o caso para o segundo ano também”.

“Agora que a comunidade está, de alguma forma, consolidada e temos uma ideia mais clara do que os jogadores gostam em Albion e porquê, fica mais fácil de desenvolver diretamente para esses jogadores.”

Robin Henkys, em seu papel de diretor de jogo, vê uma ampla oportunidade para o mundo de Albion crescer e se desenvolver nos próximos anos: “Agora que a comunidade está, de alguma forma, consolidada e temos uma ideia mais clara do que os jogadores gostam em Albion e porquê, fica mais fácil de desenvolver diretamente para esses jogadores.”

Por fim, como mundo regido pelos jogadores, o destino de Albion está na mão deles – e se o ano que se passou for uma indicação, os próximos anos terão suas próprias surpresas, aventuras e histórias.


Notícias mais recentes



Publicações mais recentes



Vídeos mais recentes